Livros

Contando as Letras: Dezoito Luas (Beautiful Creatures #3)

Olá reclusos! Estamos com mais um Contando as Letras! E hoje teremos o penúltimo capítulo dessa saga que está realmente mexendo com o meu coração: Dezoito Luas.
Com 405 páginas e sendo o terceiro livro da série Beautiful Creatures,  Dezoito Luas começa estampando um claro período pré-apocalíptico.

Gatlin foi devastada por uma série de pragas e só faz calor o tempo todo ou seja, Gatlin virou Brasil. Ethan, Lena, Link e Ridley (que agora vai estudar na mesma escola que eles) ficam tentando descobrir alguma forma de reverter essa situação (okay, Ridley não tenta muito não). Agora, qual o motivo de tudo isso? Só lendo pra saber (senão seria spoiler).

Após o final de Dezessete Luas, John some, então Abraham vai procurar por ele em Gatlin e causa ainda mais estragos à cidade. Então Abraham procura, juntamente com Sarafine (a mãe de Lena), a ajuda da Lilum, uma espécie de ente sobrenatural que detém uma gama imensurável de poder neutro (que não é nem da Luz e nem das Trevas) e de onde o poder da Luz e das Trevas se originou, para que ela ajude a destruir o mundo e a disseminar o caos total. Ela se nega, pois ela não é das Trevas, mas diz como estabelecer a Nova Ordem: Aquele que é Dois precisa se sacrificar. Então o livro é basicamente os personagens olhando um pro outro para descobrir quem é Aquele que é Dois.
Tem personagem novo? Sim! Conhecemos neste livro o Conselho do Registro Distante, que é formado por três membros, cada um representando um período da história (passado, presente e futuro). Tem morte? Também! Temos a morte de mais uma personagem que eu detesto e acho nojenta e imprestável e ridícula e chata e horrenda (okay, já chega). Morre também uma personagem que havia me surpreendido em Dezessete Luas, pela ajuda que ela concede à Ethan, então fiquei extremamente chateada com essa perda 💔. Ah, e o sacrifício oferecido para o estabelecimento da Nova Ordem.
Esse livro terminou bem estilo Avenida Brasil, o que me deixou com as expectativas extremamente altas para o último livro. A narrativa foi mais tranquila (acho que eu estou me acostumando com a escrita delas) e foi imperceptível as mudanças de narração. Sem contar que eu ganhei um novo shipp 😍 um casal meio improvável e que eu até não gostei no começo, mas que merece todo amor do mundo.
De 5 estrelas eu dou 4 só por achar que o livro deu uma enrolada pra chegar ao ponto, mas não me decepcionou em nada. Estou super ansiosa para contar logo para vocês o que acho do fim dessa história e o próximo Contando as Letras vai ser sobre Dezenove Luas COM CERTEZA!
E aí, reclusos, o que acharam? Já leram Dezoito Luas? Espero que tenham gostado! Qual livro vocês esperam ver por aqui? Deixe aqui nos comentários e, quem sabe, ele não ganha um quadro só pra ele? Eu vou ficando por aqui e vejo vocês segunda. Até mais!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s