Livros

Contando as Letras: O Labirinto dos Ossos (The 39 Clues #1)

Olá reclusos! Como vocês estão? Espero que estejam muito bem! Hoje é sexta-feira! E sexta é dia de que? Isso mesmo, Contando as Letras! E hoje, finalmente, trago para vocês a resenha de um livro muito querido, um dos livros mais antigos que eu tenho e uma das minhas primeiras séries literárias: O Labirinto dos Ossos.

Algo que eu gosto muito nessa série é que ela não foi escrita por um autor só, mas não é livro conjunto. Cada livro foi escrito por um autor diferente, começando pelo Rick Riordan ou Tio Rick, para os íntimos. Com 238 páginas, escrito pelo Tio Rick e publicado pela Editora Ática, o livro 1 da série The 39 Clues nos apresenta a dois irmãos: Amy e Dan Cahill.

Amy e Dan acabaram de perder sua avó, Grace, e, na leitura do testamento dela, são obrigados a escolher, juntamente com seus outros parentes, entre 1 milhão de dólares ou a primeira de 39 pistas que levam ao maior tesouro do mundo. Como o próprio nome da série sugere (As 39 Pistas, em tradução livre), os irmãos escolhem a pista e entram em uma competição com seus parentes, que tentam se destruir a cada segundo, para descobrir qual é esse tesouro.

Algo que eu achei muito interessante sobre a família Cahill é que, assim como em Harry Potter, existem 4 casas. São quatro clãs na família que a gente saiba: os Lucian, os Janus, os Tomas e os Ekaterina (meu clã ), cada um derivado de um irmão Cahill. Quase todo mundo na família sabe de qual clã é, exceto Amy e Dan pra variar.

Como os irmãos estavam sob a tutela de sua tia-avó, Beatrice, já que são órfãos, eles tem que fugir com a au pair deles, a Nellie, para a Filadélfia, o primeiro lugar onde vão pesquisar as demais pistas. Eles são avisados pelo advogado McIntyre para não confiarem em ninguém, logo quando eles deixam o gato de sua avó, Saladin, aos cuidados dele. Logicamente os outros parentes deles tentam ficar matando Amy e Dan pelo caminho (no sentido literal da palavra, mesmo eles tendo 14 e 11 anos, respectivamente), mas o legal é ver como eles vão escapando das tramoias dos parentes mesmo se a parente em questão for Irina, a prima mais nojenta. Além dela, somos apresentados a muitos outros parentes nojentos, como os irmãos Kabra, a família Holt, Alistair Oh e Jonah Wizard, cada um querendo derrubar o outro.

Algo que eu não consigo entender muito bem na história é acompanhem comigo: Amy e Dan são órfãos e não podem sair pelo mundo afora sozinhos, então convenceram Nellie a ir com eles. Até aí okay. A questão que não entra na minha cabeça é por que ambos abriram mão do dinheiro em troca da pista? A pista seria a mesma para ambos, então por que não apenas um deles escolheu a pista, o outro o dinheiro e eles iriam juntos? Apesar de o advogado ser claro em dizer que quem escolhesse o dinheiro teria que abrir mão de entrar na disputa, eles são crianças, logo precisariam estar juntos o tempo todo. Já me perguntei muito acerca disso, mas o que importa é que eles conseguiram arrumar uma grana para viajarem por um tempo.

Tio Rick, por um milagre, não mata personagem nenhum (além da Grace, que morre no começo do livro, o que desencadeia toda a história), o que foi algo bom a princípio. Eles terminam o livro indo para Viena (possivelmente o cenário do segundo livro) procurar mais uma pista. Sinceramente sou curiosa para saber se eles encontram todas as pistas, já que só tem 10 livros na série toda e eles não acham TAAANTAS pistas assim no primeiro livro.

De 5 estrelas dou 3. Como já tem tempo que eu li esse livro e eu me lembrava com muito carinho dele, quando eu li de novo eu perdi um pouco do encanto, talvez por ser algo mais direcionado para crianças, não sei. Gosto dele, mas não é mais o tipo de história pela qual eu me interesse e eu espero que isso mude ao longo dos outros livros (e em breve teremos Contando as Letras dos outros livros desta série).

E aí, reclusos, o que acharam? Já leram O Labirinto dos Ossos? Espero que tenham gostado! Qual livro vocês esperam ver por aqui? Deixe aqui nos comentários e, quem sabe, não será o próximo? Eu vou ficando por aqui e vejo vocês semana que vem. Até mais!

 

Anúncios

2 comentários em “Contando as Letras: O Labirinto dos Ossos (The 39 Clues #1)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s