Blogagem Coletiva · Cartas e Escritos

[Blogagem Coletiva]: Primeiro Capítulo de “Renegada”

Olá, queridos e amados reclusos! Cá estou, como prometido ontem, para trazer para vocês o capítulo 1 de “Renegada”. Caso você não saiba do que se trata essa história toda de capítulos e de histórias, é só acessar aqui que eu explico tudo XD. Então, vamos à história.

Diferente da história de ontem, essa é uma história que não envolve fantasia e nem nada mitológico. É, apesar de baseada em um sonho, algo mais normal. Já havia dito que não sou boa com nomes de histórias, então apenas relevem e aproveitem!

Sinopse

Thiago e Gabriela vivem um amor proibido, contra a vontade de suas famílias, por conta da diferença na classe social. Para agravar a situação, Thiago acaba sendo prometido em casamento para outra garota, Anne, por interesse de suas famílias. Será que a família de Thiago vai conseguir separar esse casal em nome do poder?

Capítulo 1

– Mas você me prometeu… Disse que nunca iria me abandonar, que enfrentaria sua família por amor a mim… Por que deixou isso acontecer, Thiago? Eu te amo tanto, como conseguiria viver com isso? – Gritava Gabriela, desesperada.
Thiago sentia raiva de si por dentro. Como não evitou isso tudo antes? Como deixou seus pais levarem essa história louca de casamento arranjado a diante? Se sentia culpado por tudo e não sabia segurar seu mundo pra tudo não cair por terra.
– Me perdoe, Gabriela. Eu juro, tentei evitar… Me perdoe. – Foi tudo o que ele conseguiu dizer a ela. O coração de ambos estava em pedaços.
– Acho melhor deixarmos esse nosso “romance” pra último plano, está na cara que isso nunca vai dar certo… – Ela falou, já mais calma, mas não menos chorosa.
– Não, por favor… Eu vou dar um jeito de mudar isso, eu vou fazer alguma coisa… – Ele tentou falar, mas ela o interrompeu
– Não sacrifique o futuro da sua família por um romance bobo de adolescência. Sua mãe esteve certa esse tempo todo, você precisa deixar suas paixões passageiras. – Ela disse, entregando um colar que ele havia lhe dado certa vez. Na ocasião ele lhe dissera que era um colar de sua mãe, uma daquelas “heranças de família” passadas de geração em geração.
Thiago o pegou no exato momento em que uma lágrima de Gabriela caiu sobre sua mão – Adeus – Ela disse
Então ela se virou e se foi

O link com os três capítulos que eu publiquei muito capítulo, eu sei é esse aqui. Espero que tenham gostado e que aproveitem! Até amanhã, reclusos!

13405694_593798927459409_1387255339_o

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s